A evasão e a retenção nos cursos de Graduação constituem um desafio para a UnB e para as demais Instituições de Ensino Superior por todo o país. Dessa forma, é necessário entender o problema e discuti-lo nas mais variadas instâncias, a fim de que sejam definam estratégias e políticas para o enfrentamento dessa que é uma das causas de queda na qualidade do ensino e de desperdício dos já escassos recursos públicos.


Desde 2016 o Decanato de Planejamento, Orçamento e Avaliação Institucional (DPO) realiza a Pesquisa de Indicadores de Fluxo da Educação Superior da UnB, que tem por objetivo apresentar dados sobre o tema e debater estratégias de aperfeiçoamento de resultados acadêmicos de cursos de graduação, analisando as estatísticas de permanência, retenção, conclusão e diversas outras. São feitos relatórios para cada um dos cursos de graduação, os quais são disponibilizados aos Coordenadores de Cursos com o objetivo de subsidiar, primariamente, o debate sobre as causas e formas de combate à evasão e retenção, com o consequente aumento da permanência e conclusão.


É também realizado, anualmente, Simpósio em parceria com o Decanato de Ensino de Graduação (DEG) para apresentação e discussão dos dados e resultados relativos à evasão e retenção com Coordenadores de Cursos, Diretores de Institutos e Faculdades, membros dos Núcleos Docentes Estruturantes (NDE) e dos Colegiados de Cursos de Graduação.